Seguranças ajudam músico a beijar outro em festa

Um cena muito curiosa aconteceu na boate Pacha, em São Paulo.

Um cantor/músico muito conhecido entre o público jovem foi visto beijando um mocinho.

Para não escancarar de vez, pois ele afirma ser heterossexual, o rapaz foi acobertado pelos seus seguranças, que fizeram cabaninha em volta dele.

Foi engraçado.

Mas teve gente que viu.

E contou a este blog…

E dizem que os seguranças já fizeram isso outras vezes com ele…

Fonte: Fabiola Reipert

BBB10: Alex gay e Eliéser bissexual?

Montadas e maquiadas, as drag queens Tchaka e Boo circularam pela SPFW, neste domingo, 17, fazendo alarde. Animadíssimas com a performance de Dicesar e Serginho no BBB10, elas arriscam dizer que outros brothers na casa tambem são gays.

“Olha, eu vim de Mogi das Cruzes, estudei Direito na mesma faculdade que o Alex. Fomos às mesmas festas… Quem sabe não rolou alguma coisa ali? Não comigo como Tchaka, mas com o meu outro eu?” , brincava Tchaka, cujo nome verdadeiro é Valder Bastos. “Sou ator e também advogado. Assim como o Alex!”, gargalhava.

Além de Alex, Tchaka também acredita que outro brother não é assumido. “Acho que o Eliéser é bissexual”. E como ela sabe? “Ele tem um jeitinho… A gente, que é do babado, sente”.

Tchaka e Boo (que disse que estava vestida de Lady Gaga), estão na torcida por Dicesar. “A gente faz eventos para a comunidade hétero. Dicesar é unanimidade. Todos o adoram. Ele será o vencedor do BBB”, contou Boo.

Meryl Streep e Sandra Bullock trocam selinho e simulam briga em premiação

As atrizes Sandra Bullock e Meryl Streep roubaram a cena durante a premiação Critics’ Choice Movie Awards, realizada na noite dessa sexta-feira (15), no Hollywood Palladium, em Los Angeles.Elas subiram ao palco para dividir a estatueta de Melhor Atriz -Sandra por sua atuação em The Blind Side e Meryl em Julie & Julia- e arrancaram risos do público. Após simular uma briga para ver quem pegaria o troféu primeiro, elas se beijaram na boca, mostrando o carinho que sentem uma pela outra.Veja a lista completa dos premiados no 15º Critics Choice Movie Awards:

Melhor Filme: The Hurt Locker
Melhor Ator: Jeff Bridges (Crazy Heart)
Melhor Atriz: Sandra Bullock (The Blind Side) e Meryl Streep (Julie & Julia)
Melhor Ator Coadjuvante: Christoph Waltz (Bastardos Inglórios)
Melhor Atriz Coadjuvante: Mo’Nique (Precious)
Ator/Atriz Revelação: Saoirse Ronan (The Lovely Bones)
Melhor Conjunto: Bastardos Inglórios
Melhor Diretor: Kathryn Bigelow (The Hurt Locker)
Melhor Roteiro Original: Quentin Tarantino (Bastardos Inglórios)
Melhor Roteiro Adaptado: Jason Reitman, Sheldon Turner (Up In The Air)
Melhor Cinematografia: Mauro Fiore (Avatar)
Melhor Diretor de Arte: Rick Carter, Robert Stromberg (Avatar)
Melhor Edição: Stephen Rivkin, John Refoua, James Cameron (Avatar)
Melhor Figurino: Sandy Powell (The Young Victoria)
Melhor Maquiagem: District 9
Melhores Efeitos Visuais: Avatar
Melhor Efeitos Sonoros: Avatar
Melhor Animação: Up
Melhor Filme de Ação: Avatar
Melhor Comédia: The Hangover
Melhor Filme para Televisão: Grey Gardens
Melhor Filme Estrangeiro: Abraços Partidos
Melhor Documentário: The Cove
Melhor Música: The Weary Kind – T Bone Burnett, Ryan Bingham -Crazy Heart
Melhor Pontuação: Michael Giacchino (Up)

Estado de São Paulo ganha escola para jovens LGBT

O Governo do Estado de São Paulo e o Grupo E-jovem de Adolescentes Gays, Lésbicas e Aliados assinaram um convênio na semana passada que prevê a criação da primeira escola para jovens homossexuais do pais, a Escola Jovem LGBT.

De acordo com Deco Ribeiro, do Grupo E-jovem e futuro diretor da escola, cursos serão abertos a jovens homossexuais, heterossexuais e bissexuais já a partir de 2010. “A escola é um Ponto de Cultura. O fato de os cursos serem abertos a todos e não só a jovens gays é parte da nossa estratégia de combate à homofobia. Preconceito é ignorância. Para vencer isso, precisamos levar nossa arte, nossa expressão e nosso discurso a quem não nos conhece. Se a valorização da cultura negra é estratégia do movimento negro, assim como de vários povos e regiões, por que não valorizar a cultura LGBT?” , indaga Deco Ribeiro.

A escola terá sede em Campinas e deve atender a população da cidade assim como das regiões de Sorocaba, Grande São Paulo e da Baixada Santista. Segundo os organizadores, os alunos poderão fazer aulas de criação de zines e revistas, criação literária, dança, música, TV, cinema, teatro e até de performance drag. E o material produzido ao longo dos cursos, como CDs e DVDs, livros e revistas, devem ser posteriormente distribuídos gratuitamente.

O projeto Escola Jovem LGBT, selecionado por meio de concurso público, será financiado por convênio entre o Governo do Estado de São Paulo e o Ministério da Cultura que visa apoiar entidades que desenvolvem papel na comunidade nas áreas de fomento, difusão, produção e formação cultural.

As aulas devem começar em março de 2010 e tanto as matrículas quanto as inscrições para bolsas de estudo já estão abertas. Interessados devem entrar em contato através do e-mail escola@e-jovem.com ou pelo tel.: (19) 3307-3764.

*******
A solução agora é isolar ao invés de integrar? Isso parece a época que isolavam os negros dos brancos.
A história se repete, só muda os personagens…